Diferenciais

O que torna a Buenit exclusiva


Tecnologia proprietária

Dispomos de recursos tecnológicos desenvolvidos e mantidos internamente pela equipe Buenit, tais como geradores de código e protótipos moduláveis de sistemas. Com eles, conseguimos desenvolver aplicações modelo mais rapidamente e com menores custos diretos.

Codemator

Somos uma das únicas empresas de tcnologia que possui um framework de sistemas. Com ele, criamos o conceito Codemator ®, onde garantimos a criação e publicação de um sistema novo em 10 dias, online para uso imediato. Revolucionário, o Codemator é baseado na modelagem dos dados.

O cliente apresenta suas ideias, nós modelamos esses dados, apertamos 1 botão e o sistema está no ar!

GetCRM

Nosso software de CRM foi criado a partir dos nossos frameworks de sistemas. Contudo, o GetCRM, nosso produto de CRM avançado para grandes customizações pode ser modularizado para atender outras necessidades de negócio. Qualquer tipo de negócio!

Hoje temos customizações que vão desde a empresas de aluguel de frotas de veículos a gestão de testes online para candidatos. Qualquer necessidade pode ser atendida pela estrutura do nosso framework de sistemas

DevExpress

Apesar de não ser uma tecnologia proprietária, o DevExpress, um dos componentes de desenvolvimento mais premiados do mundo, faz parte das plataformas de desenvolvimento da Buenit em quase 100% dos seus projetos.

Nossos frameworkds são totalmente baseados neste excelênte componente de criação de sistemas em Microsoft .Net, visto o quão avançadas ficam as aplicações construídas com esta tecnologia. A Buenit adota o DevExpress pela qualidade, excelência e padrões elevados desta solução!

Metodologias

Uso das melhores práticas do mercado onde são aplicados conceitos globalmente aceitos, sempre visando o máximo de produtivdade e resultados.

ITIL
  • 3 níveis de atendimento
    • Suporte: atendentes suporte técnico operacional
    • Equipe técnica/funcional : analistas de sistemas.
    • Gerencia: gerente de conta.
  • SLA - Service Level Agreement
    • Prazos definidos em contrato para resposta aos chamados.
    • Condições para cumprimento de prazos de projetos.
  • ISO: desenvolvimento certificado.

Conheça mais sobre o nome modelo de ambiente de TI.


V-Model

Aplicação do conceito mundialmente conhecido V-Model. O V-Model é um modelo conceitual de Engenharia de Sistemas/Desenvolvimento de Produto visto como melhoria ao problema de reatividade do modelo em cascata. Ele permite que, durante a integração de um sistema em seus diversos níveis, os testes sejam feitos contra os próprios requisitos do componente/interface que está sendo testado(a), em contraste com modelos anteriores onde o componente era testado contra a especificação do componente/interface. Notar a diferença entre requisito e especificação.

V-Model e as etapas de desenvolvimento de software

  • Os testes têm resultados de maior efetividade, uma vez que são testados contra requisitos e não contra especificações;
  • Este modelo possibilita que se encontre erros durante os processos de se derivar especificações de requisitos;
  • Ajuda a desenvolver novos requisitos;
  • Melhora a qualidade do produto resultante, uma vez que valida o processo de engenharia de sistemas durante a integração do sistema.

Risco Zero

Contratos de Risco

Elaboramos projetos a partir de contratos de risco, onde o prazo e o custo envolvido são planejados com garantia de entrega. Não entregamos o que foi prometido, não há pagamento. Simples assim.

Naturalmente, com o uso das nossas ferramentas, tais como o framework, os componentes, os módulos escaláveis, etc, diminuímos drásticamente o risco de impacto negativo nos projetos, o que tornam nossos contratos seguros, tanto para a Buenit como para o cliente.

Proof of Concept

Oferecemos, em alguns projetos dependendo da complexidade e da sotisticação dos detalhes técnicos, uma Prova de Conceito! Uma prova de conceito, ou PoC (sigla do inglês, Proof of Concept) é um termo utilizado para denominar um modelo prático que possa provar o conceito (teórico) estabelecido por uma pesquisa ou artigo técnico 1 . Pode ser considerado também uma implementação, em geral resumida ou incompleta, de um método ou de uma ideia, realizada com o propósito de verificar que o conceito ou teoria em questão é suscetível de ser explorado de uma maneira útil.

A PoC é considerada habitualmente um passo importante no processo de criação de um protótipo realmente operativo. Tanto na segurança de computadores como na criptografia a prova de conceito é uma demonstração de que um sistema está, em princípio, protegido sem a necessidade da sua construção já seja operacional.

Se nós da Buenit temos tanta certeza da eficiência da nossa equipe e dos nossos software, componenes e frameworks, conseguimos então entregar, antes mesmo do contrato assinado, uma prévia ONLINE do sistema a ser desenvolvido. É a prova de que somos bons mesmo e vamos tornar realizada o projeto esperado.

Desenvolvimento de projetos com garantia física na prática

Escalabilidade

Em telecomunicações, infraestrutura de tecnologia da informação e na engenharia de software, escalabilidade é uma característica desejável em todo o sistema, em uma rede ou em um processo, que indica sua capacidade de manipular uma porção crescente de trabalho de forma uniforme, ou estar preparado para crescer.1 Por exemplo, isto pode se referir à capacidade de um sistema em suportar um aumento de carga total quando os recursos (normalmente do hardware) são requeridos.

Nos projetos Buenit, a escalabilidade está não só nos sistemas, na parte técnica, como na equipe. Podemos expandir a equipe de atendimento a uma demanda para níveis muito superiores ao status inicial de um projeto, graças a nossa fábrica de sofware.

Quer começar um projeto com 2 pessoas e depois de 3 meses são necessárias 20? Ok, sem problemas! A continuidade do negócio é garantida satisfatoriamente conforme a demanda, sem maiores dificuldades!

Crescimento conforme a demanda da empresa

A escalabilidade pode ser medida de vários modos, tais como:

  • Carga de escalabilidade – É a facilidade com que um sistema distribuído pode ser expandido usando todos os seus recursos para acomodar as demandas, sejam altas ou baixas.
  • Escalabilidade geográfica - Um sistema é geograficamente escalável quando mantém sua utilidade e desempenho, independentemente dos pontos geográficos que compõem sua extensão ou como são usados os seus recursos.
  • Escalabilidade Administrativa - Não importa a variação de informação que diferentes organizações necessitem compartilhar em um único sistema distribuído, este deve permanecer fácil de ser usado e gerenciado.
Ir para o topo